Fisioterapia deve ser algo prazeroso

De acordo com os profissionais do Centro Avançado de Ortopedia e Instituto do Joelho de Sorocaba, a fisioterapia deve ser um tratamento prazeroso, praticado sempre por um especialista da área. As seções, segundo eles, devem ter duração mínima de uma hora e periodicidade de duas a três vezes por semana, além de englobar a realização de exercícios aliados à prática de aparelhos.

“Muitos pacientes chegam completamente desanimados em razão de experiências muito negativas que tiveram com seções de fisioterapia realizadas de forma incorreta ou, até mesmo, por profissionais não especializados”, contam os fisioterapeutas Priscila e Mateus. “Sempre que feita corretamente, a fisioterapia é algo prazeroso e traz ótimos resultados, prevenindo, muitas vezes, as intervenções cirúrgicas”.

Eles ainda orientam que a fisioterapia é um tratamento preventivo das lesões, que deve ser procurado o quanto antes pelos pacientes, antes que os casos já não possam mais ser revertidos e necessitem de cirurgia. A fisioterapia, explicam, trabalha o fortalecimento muscular, a propriocepção, que é o trabalho de defesa do corpo em prevenir lesões, a flexibilidade, a força, o equilíbrio e, acima de tudo, o bem-estar.